Filho que matou o pai é preso em Itapetinga

Segunda / 11 Dez 2017 / 14h00



Uma equipe da PCBA - 21a Coorpin-Itapetinga, sob o comando do DPC Shangai Alexandre, após campana na estação rodoviária da cidade, deu cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela Juíza Plantonista - Dra. Giselle de Fátima Guimarães, Titular da Comarca de Macarani, em desfavor de GABRIEL DE SOUZA LIMA, de 22 anos de idade, principal suspeito da morte do idoso EDETOR PIRES VIEIRA, conhecido popularmente como ÍNDIO, de 74 anos de idade, fato ocorrido no dia 02/12/2017, sendo o corpo da vítima encontrado na manhã seguinte, domingo, dia 03/12/2017, no interior de sua residência, na Rua Nide Dutra Amorim, Bairro Clodoaldo Costa, apresentando múltiplas perfurações por arma branca. Preso e interrogado, GABRIEL confessou o crime revelando que há três anos descobriu que era filho da vítima e que desde então estava tentando ver a paternidade reconhecida. No final da manhã de sábado da semana passada ele teria ido até a casa da vítima para tratar do assunto, porém, os dois teriam se desentendido e entrado em luta corporal, onde GABRIEL aplicou um forte empurrão na vítima, jogando-a no chão, provocando-lhe um ferimento na cabeça. Ao se levantar a vítima teria vindo em direção a GABRIEL ameaçando de lhe matar, oportunidade em que ele teria se apossado de uma faca que estava sobre a mesa e começado a golpear descontroladamente a vítima, segundo relatou.O suspeito foi identificado após intensa análise de imagens de câmeras de monitoramento instaladas nas imediações do local do crime. A polícia tinha conhecimento através de monitoramento em redes sociais de que GABRIEL poderia se encontrar com uma pessoa na madrugada de hoje na estação rodoviária, tendo infiltrado policiais disfarçados no local para prendê-lo.