Itapetinga: Após invasão, polícias militar e civil fazem operação na fazenda de Geddel

Terça / 03 Out 2017 / 09h30



Foto: Políticos do Sul da Bahia

Uma operação das policias militar e civil chegou na tarde desta segunda-feira (2) à Fazenda Esmeralda, em Itapetinga, que faz parte do “espólio” dos Vieira Lima e não encontrou mais o grupo que invadiu a propriedade de Geddel e Lúcio Vieira Lima no sábado (23). Ao blog Políticos do Sul da Bahia chegou a informação de que a Polícia Militar vai continuar as buscas pelos “invasores”. O patrulhamento na região continuará reforçado para evitar que a fazenda seja novamente ocupada. O sindicato Rural de Itapetinga enviou um comunicado à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) ainda no dia 28 de setembro cobrando medidas para que as terras fossem desocupadas. Afirmavam que o “julgamento das condutas atribuídas ao ex-ministro é de prerrogativa e competência exclusivas do Poder Judiciário, não cabendo neste momento, a quaisquer outras esferas, emitir qualquer juízo de valor. O texto enviado a CNA traz outra informação intrigante. Nela, os representantes dos sindicatos afirmam: cabe também alertar às autoridades competentes que se instalou um quadro  de verdadeira revolta entre todo o segmento dos produtores rurais da região. Muito já estão em franca prontidão para repulsa incontinenti à mínima ameaça às suas propriedades, o que pode gerar um cenário de conflito em região que, desde sua origem, sempre viveu ordeira e pacífica.