Colunista
Nonato Lobo

Guanambi: Acusado de tentar estuprar estudante é preso e reconhecido pela vítima

Terça / 31 Mai 2016 / 08h00
Autor(a): Bonny Silva, com informações da Polícia



A Polícia Civil de Guanambi prendeu nesta segunda-feira, cumprindo Mandado de Prisão Preventiva, expedido pela Juíza Titular da Vara Crime de Guanambi Dr.ª Adriana Silveira Bastos, o pedreiro Jairo da Silva Brito, 33 anos de idade, residente na Fazenda Lagoa D água, região de Mutans. Jairo é acusado de tentar estuprar uma jovem de 19 anos de idade, estudante de enfermagem da Faculdade Guanambi. O crime aconteceu na segunda feira, 23 após a estudante e duas colegas terem pegado carona em um carro Ônix de cor branca conduzido pelo pedreiro. Após as colegas descerem nas imediações do Disk Tudo, o indivíduo tomou destino à Estrada Velha de Mutans, onde segundo relato da vítima tentou esganá-la e supostamente estuprá-la, tendo ela mordido a sua mão e fugido. A partir da denúncia, a Polícia trabalhou incansavelmente e através de imagens captadas por várias câmeras de segurança e denúncias anônimas, conseguiu levantar a identidade do autor. O Delegado Titular Dr. José Ribeiro mediante todos os indícios representou pela prisão do acusado e prontamente a Juíza Titular da Vara Crime determinou o seu encarceramento. Jairo nega ter tentado violentar a jovem e diz que ela o chamou de negro e que vai processá-la. Diz ainda que é trabalhador e que as lesões no pescoço da vítima podem ter sido causadas por outra pessoa. A estudante ainda muito abalada fez o auto de reconhecimento e as outras colegas reconheceram indubitavelmente Jairo como o motorista do Ônix branco no qual pegaram carona naquele dia. O delegado Dr. José Ribeiro destacou o grande trabalho feito pelo Serviço de Investigação da Polícia Civil e a colaboração da sociedade para elucidar este crime de grande repercussão e reprovação social. Por Bonny Silva, com informações da Polícia

TÓPICOS:

Guanambi