Bahia do Povo

Colunista
Nonato Lobo

Jitaúna: Produção de evento engana foliões que ficam revoltados e destroem ônibus da Banda Sem Retoque

Segunda / 04 Jul 2016 / 10h00



Foto: Bahia do Povo

Uma festa de camisa que aconteceria na cidade de Jitauna no último domingo (03), a qual teria como atração principal a banda Sem Retoque não aconteceu como os organizadores esperavam. A banda citada foi até à cidade, mas sem pagamento não subiu ao palco, o que gerou conflitos por parte dos foliões que utilizando paus, pedras e outros objetos, quebraram o ônibus da banda. A frente do coletivo e partes dos lados, ficaram parcialmente destruídos. A produção da Sem Retoque decidiu então ficar na cidade para que os prejuízos causados no veículo da banda sejam pagos pelos organizadores da festa. O folião também pode pedir ressarcimento do dinheiro pago pela camisa, já que de certa forma foram enganados, pois à atração prometida não tocou. A produção do evento não se pronunciou.

TÓPICOS:

Jitaúna

comentários

04 Jul 2016
Divulgador e Leitor
informativo da banda Sem Retoque NOTA DE ESCLARECIMENTO A banda Sem Retoque vem através desta esclarecer para seu público o ocorrido na noite deste domingo (03/07), Jitaúna (BA), quando a banda, por motivo de força maior, não conseguiu realizar uma apresentação no evento Forró do RO no Tênis Clube Cultural. Como se apresentaria antes na cidade de Itajú da Colônia, o grupo se precaveu utilizando duas equipes técnicas, uma para cada cidade. Em Jitaúna, nossa equipe chegou por volta de 14h30. Após o primeiro show, uma chuva torrencial na estrada de chão impediu que a banda chegasse a tempo no segundo evento, já que tornou intransitável a localidade onde a banda tocou. Pedimos desculpas pelo lamentável ocorrido que, voltamos a salientar, não dependeu dos esforços da nossa produção. A chuva tornou o acesso extremamente difícil. O Sem Retoque está em contato com a produtora responsável pelos eventos e com a produção da região para um entendimento. Em tempo, agradecemos ao apoio da Polícia Militar e a solidariedade dos fãs nas nossas redes sociais. Num incidente isolado e que não representa a boa educação do povo jitaunense, o ônibus da banda foi danificado. Contudo, o que nos deixou triste foi não ter conseguido cantar para o NOSSO PÚBLICO. Esse sim: O NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO. Assessoria de Imprensa fonte: https://www.facebook.com/sem.retoque