Bahia do Povo

Resultado da busca pela categoria "Brasil"

Colunista
Nonato Lobo

Goleiro Bruno assina contrato e volta a campo com novo clube

Quinta / 09 Mar 2017 / 17h24



Foto: Carlos Roberto/O Tempo

O goleiro Bruno Fernandes, de 32 anos, condenado pela morte de Eliza Samudio, vai voltar a jogar em um clube de futebol. De acordo com o advogado de defesa, Lúcio Adolfo, o jogador, que deixou a prisão no último dia 24 de fevereiro de 2017, após liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), vai assinar ainda nesta semana contrato com o novo time. "De hoje para amanhã [o contrato] já estará assinado. Eu não vou dizer o nome do clube porque me comprometi em manter segredo. Mas, assim que tiver tudo certo, vamos dar os detalhes", disse o advogado ao EXTRA, nesta quinta-feira (9). O time Paduano, de Santo Antônio de Pádua, no Rio de Janeiro, foi um dos clubes sondados pela defesa do goleiro. Bruno ficou preso por seis anos e, após a concessão da liminar, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, admitiu que sua decisão não foi “politicamente correta”. No entanto, ponderou que o Judiciário deve cumprir as leis, mesmo que o clamor popular ecoe em outra direção.

Colunista
Nonato Lobo

Mais de 500 mulheres são agredidas por hora no país, indica Datafolha

Quarta / 08 Mar 2017 / 09h18



Um levantamento do Instituto Datafolha, encomendado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelou que, a cada hora em 2016, 503 mulheres foram vítimas de agressão física no país — 4,4 milhões de brasileiras (9% do total das maiores de 16 anos). Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher. De acordo com a pesquisa, contabilizando agressões verbais, o percentual sobe para 29%. No estudo, 9% das mulheres ouvidas afirmam que levaram chutes, empurrões ou batidas; 10% dizem ter sofrido ameaças de apanhar. Além disso, 22% dizem ter recebido insultos e xingamentos ou terem sido alvo de humilhações (12 milhões) e 10% (5 milhões) ter sofrido ameaça de violência física. Há ainda casos relatados mais graves, como ameaças com facas ou armas de fogo (4%), lesão por algum objetivo atirado (4%) e espancamento ou tentativa de estrangulamento (3%).

Colunista
Nonato Lobo

Jornal francês denuncia possível compra de votos para Rio sediar Olimpíada

Sexta / 03 Mar 2017 / 20h48



O jornal francês Le Monde noticiou nesta sexta-feira (3) que a justiça francesa encontrou elementos concretos que apontam para corrupção na eleição do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Segundo o periódico, um empresário brasileiro, próximo ao ex-governador Sérgio Cabral e que teve contratos com o estado do Rio, depositou ao menos US$ 1,5 milhão para um dos filhos do então presidente da Associação Internacional das Federações de Atletismo, Lamine Diack, três dias antes da votação para cidade-sede, em 2009. O Rio foi eleito em uma disputa com Chicago, Tóquio e Madri, cidade que chegou à final com a capital fluminense. O Rio venceu com 66 votos, contra 32 da capital espanhola. O diretor de Comunicação da Rio 2016, Mário Andrada, afirmou que a eleição da “Cidade Maravilhosa” foi limpa. “O resultado final mostra uma larga diferença de votos e anula essa hipótese de compra de votos. A gente não tem a menor dúvida de que o Rio ganhou de forma limpa e justa”, disse. Em nota, o Comitê Olímpico Internacional (COI) também se posicionou sobre a reportagem do Le Monde. O COI disse ser parte no processo que corre na justiça francesa e afirmou que está comprometido em esclarecer a situação.

Colunista
Nonato Lobo

Moedas comemorativas de R$ 1 da Rio 2016 podem valer até R$ 100

Quarta / 24 Ago 2016 / 11h00



Milhões de moedas comemorativas dos Jogos Olímpicos estão circulando no país. E algumas valem até R$ 100. O valor impresso é R$ 1. Mas tem gente pedindo muito mais do que isso pela moeda. Um exemplar com a bandeira olímpica é a mais rara, mais difícil de ser encontrada. Nos sites de venda na internet, o preço pode chegar a R$ 100. São mais de 200 milhões de moedas com desenhos olímpicos espalhadas pelo país. Natação, vela, canoagem, futebol. Os mascotes Tom e Vinícius também podem ser encontrados. Mas tem gente ganhando uma grana com isso. Em São Carlos, no interior de SP, Robert está vendendo o álbum completo por R$ 200, mas não revela quanto já faturou.

Colunista
Nonato Lobo

Partidos e coligações têm até hoje para registrar candidaturas

Segunda / 15 Ago 2016 / 08h00



Os partidos e coligações têm até a próxima segunda-feira (15) para apresentar o pedido de registro de candidatura dos escolhidos para concorrer às eleições deste ano. Em outubro, os eleitores vão às urnas, no pleito municipal, para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. O pedido para o registro deve ser apresentado até as 19h de segunda-feira. No início da tarde de hoje (13), o Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (DivulgaCandContas) mostrava o registro de 3.918 candidatos ao cargo de prefeito, 3.890 ao de vice-prefeito e 97.765 ao de vereador em todo o país. Os números podem ser acompanhado pelo site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A estimativa da Justiça Eleitoral é que o número de candidatos participantes das eleições municipais fique entre 530 mil e 580 mil. Até o momento, nas estatísticas eleitorais, a Região Nordeste aparece em primeiro lugar do total de candidatos registrados para o cargo de prefeito. Em segundo lugar, está o Sul, seguido do Sudeste, Centro-Oeste e Norte. Para o cargo de vice-prefeito, o maior número de registros até agora está na Região Nordeste e o menor, no Norte. Já para o cargo de vereador, o Sudeste tem a maior quantidade de candidatos registrados, enquanto a menor está no Centro-Oeste.

Colunista
Nonato Lobo

Brasil é racista, machista e homofóbico, diz Joanna Maranhão após ser eliminada

Quarta / 10 Ago 2016 / 08h30



Após ser eliminada da fase classificatória dos 200 metros borboleta dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a nadadora Joanna Maranhão falou, nesta terça-feira (9), durante uma entrevista, sobre ataques preconceituosos e machistas que tem recebido através das redes sociais. “Ontem à noite foi o dia mais difícil para mim. Tentei ficar fora de rede social, mas fui no Facebook e vi uma enxurrada de críticas, ataques. Alguns dizem que eu merecia ser enxutada, que minha história é uma grande mentira. Eu tentei segurar a onda, mas agora eu desabafei. É muito duro receber”, desabafou. Conhecida pelo seu desempeno nas piscinas, Joanna já foi alvo de críticas por se posicionar politicamente contra o conservadorismo, a redução da maioridade penal e figuras como Eduardo Cunha e Jair Bolsonaro. Na entrevista, a atleta revelou que voltou a ser xingada pelas suas posições políticas e saiu em defesa do governo da presidente afastada Dilma Rousseff quando comentou a medalha de ouro da judoca Rafaela Silva. Veja o principal trecho do depoimento da nadadora: “O Brasil é um país muito racista, preconceituoso, homofóbico, voltado ao futebol e os ataques que são feitos lá, as pessoas pensam que não afeta. Eu sempre me posicionei politicamente, porque sinto que todo ser humano tem um papel a fazer, mas eu quero um país para todo mundo. Não quero que a Tais Araújo seja chamada de ‘macaca’, que a Rafaela Silva seja chamada de ‘decepção’, amarelona'”

Colunista
Nonato Lobo

Mais um atleta estrangeiro da Olimpíada é preso por estupro

Segunda / 08 Ago 2016 / 14h00



A Polícia Civil prendeu mais um atleta estrangeiro do boxe acusado de estupro de uma camareira na Vila Olímpica. O boxeador da Namíbia Jonas Junius, de 22 anos, da categoria médio ligeiro, foi detido por agentes da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) após ser denunciado pela vítima. À rádio CBN, a delegada Carolina Salomão contou que o atleta agarrou e beijou a camareira e, em seguida, ofereceu dinheiro para que a vítima mantivesse relação sexual com ele. Depois da abordagem, a mulher saiu correndo e procurou a polícia. O atleta foi levado para a delegacia, onde foi autuado, e será encaminhado para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Com isso, ele deve ficar fora da Olimpíada. Jonas Junius lutaria na noite de quinta-feira com o atleta francês Hassan Anzille, no Pavilhão 6 do Riocentro. Na semana passada, o boxeador marroquino Hassan Saada foi preso pela Polícia Civil dentro da Vila Olímpica, depois de tentar beijar duas camareiras a força, segundo informações do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Sua prisão temporária de 15 dias, por assédio sexual, foi decretada pela juíza Larissa Nunes Saly, do Juizado do Torcedor e Grandes Eventos do Tribunal de Justiça. Segundo a assessoria de imprensa do tribunal, sua prisão foi decretada porque Saada é um atleta estrangeiro, que não tem residência fixa no país. Ele integra a delegação do Marrocos que participará da Olimpíada. Segundo a Justiça, as camareiras relataram que elas estavam trabalhando na limpeza da ala do Marrocos na Vila Olímpica, quando Saada pediu para fazer uma foto com elas. Em seguida, na versão das mulheres, ele tentou beijar uma delas, usando sua força para impedir que ela se desvencilhasse. Logo depois, ele tentou fazer a mesma coisa com a outra funcionária. No sábado (6), o desembargador Wilson do Nascimento Reis indeferiu o habeas corpus pedido pela defesa de Hassan Saada. Na decisão, o desembargador afirmou não ter encontrado qualquer irregularidade na prisão que justificasse o deferimento do habeas corpus. Ele segue no Bangu.

Colunista
Nonato Lobo

Pela 1ª vez, eleitorado feminino é maior em todos os estados do país

Domingo / 31 Jul 2016 / 09h00



Foto: Reprodução/ G1

O eleitorado feminino tem crescido ano a ano no país. Nestas eleições, pela 1ª vez, ele será maior que o masculino nos 27 estados do país. No Brasil, há 76,5 milhões de mulheres cadastradas na Justiça Eleitoral – 6,7 milhões a mais que os homens. O país tem hoje 146,4 milhões de votantes (parte deles está no exterior e não votará nas eleições municipais). Nas últimas eleições municipais, em 2012, quatro estados ainda contavam com mais eleitores homens: Mato Grosso, Pará, Roraima e Tocantins. Em 2014, só Mato Grosso e Tocantins ainda tinham mais homens. Mas as mulheres viraram o jogo. Em Mato Grosso, estão aptas a votar 1.139.972 mulheres e 1.128.530 homens. No Tocantins, a diferença é pequena: são 518.938 mulheres, ante 518.125 homens. A ultrapassagem, feita apenas em abril deste ano, mostra a importância do eleitorado feminino no país.

Por Thiago Reis

Colunista
Nonato Lobo

Traficantes vendiam drogas com logotipo da Olimpíada

Terça / 26 Jul 2016 / 10h20



Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Traficantes de drogas criaram embalagens temáticas utilzando o logotipo dos Jogos Olímpicos. Policiais apreenderam durante uma operação 93 papelotes de cocaína. Além dos aros olímpicos, a embalagem possuía uma recomendação: “use longe das crianças”. Os agentes apreenderam ainda 28 papelotes de crack e 13 munições de calibre .40, de uso restrito.

Colunista
Nonato Lobo

Partidos podem escolher candidatos para municipais a partir de hoje

Quarta / 20 Jul 2016 / 09h30



A partir desta quarta-feira (20), os partidos políticos poderão realizar as convenções partidárias para escolher os candidatos que vão concorrer às eleições, em outubro, para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. As convenções poderão ser feitas até o dia 5 de agosto. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a data para a realização das convenções mudou com a Lei 13.165/2015, conhecida como Reforma Eleitoral de 2015. Antes da legislação, as convenções eram feitas entre os dias 10 a 30 de junho do ano em que ocorre a eleição. Também a partir desta quarta-feira, juízes que forem cônjuges ou parentes de candidatos não poderão exercer algumas funções. Segundo o Código Eleitoral, desde a homologação da convenção partidária até a diplomação do candidato, “e nos feitos decorrentes do processo eleitoral, não poderão servir como juízes nos tribunais eleitorais, ou como juiz eleitoral, o cônjuge ou o parente consanguíneo ou afim, até o segundo grau, de candidato a cargo eletivo registrado na circunscrição”. De acordo com o TSE, pai, mãe e filhos são considerados parentes consanguíneos em primeiro grau. Já irmãos, avós e netos são de segundo grau. São considerados parentes por afinidade em primeiro grau sogro, sogra, genros e noras e de segundo grau, padrasto, madrasta, enteados e cunhados.

Colunista
Nonato Lobo

Datafolha diz que 50% dos brasileiros são contrários à realização do Jogos Olímpicos do Rio

Terça / 19 Jul 2016 / 14h30



A pouco mais de duas semanas da abertura da Olimpíada, em 5 de agosto, 50% dos brasileiros são contrários à realização do Jogos do Rio, revela o Datafolha. De acordo com pesquisa do instituto feita entre os dias 14 e 15 de julho, o percentual de reprovação dobrou quando se compara ao levantamento anterior, feito em junho de 2013. Àquela altura, 25% dos brasileiros se opunham aos Jogos no Rio.Há três anos, 64% eram favoráveis aos Jogos. Agora, o número retrocedeu para 40%. Entre os demais, 9% dos consultados se disseram indiferentes à competição e 2% não responderam. A aversão ao megaevento do esporte é maior entre os moradores das regiões Sul e Sudeste, entre pessoas com mais instrução e com renda familiar mensal de cinco a dez salários mínimos. Moradores do Norte e Nordeste e os jovens demonstram apoio maior à realização da Olimpíada.

Prejuízos e benefícios - O Datafolha apontou ainda que 63% acreditam que o evento trará mais prejuízos do que benefícios para os brasileiros em geral. Eram 38% na pesquisa de 2013. A avaliação é menos negativa entre os moradores da cidade do Rio. De acordo com 47% dos cariocas, os Jogos trarão mais prejuízo do que benefícios. Fazem a avaliação contrária 45%. Nesta pesquisa mais recente, o Datafolha fez 2.792 entrevistas, com pessoas acima de 16 anos, em 171 municípios de todo o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Colunista
Nonato Lobo

Justiça do Rio manda bloquear o WhatsApp

Terça / 19 Jul 2016 / 12h00



A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que o WhatsApp seja bloqueado em todo o Brasil. As empresas de telefonia foram notificadas após o Facebook se recusar a cumprir uma decisão judicial para fornecer informações para uma investigação policial. A decisão tomada pela juíza Daniela Barbosa manda as operadoras suspenderem o acesso imediatamente. Segundo a GloboNews, as provedoras de conexão foram notificadas da decisão por volta das 11h30. Segundo Barbosa, o Facebook, empresa proprietária do WhatsApp, foi notificado três vezes para interceptar mensagens que seriam usadas em uma investigação policial em Caxias, na Baixada Fluminense. Não é a primeira vez que um tribunal decide pela suspensão do acesso ao aplicativo no Brasil. Um dos bloqueiros anteriores ocorreu em dezembro de 2015, quando a Justiça de São Paulo ordenou que as empresas impedissem a conexão por 48 horas em represália ao WhatsApp ter se recusado a colaborar com uma investigação criminal. O aplicativo ficou inacessível por 12 horas e voltou a funcionar por decisão do Tribunal de Justiça de SP.

Bloqueio em maio
A investigação que culminou no bloqueio do em maio deste ano foi iniciada após uma apreensão de drogas na cidade de Lagarto, a 75 km de Aracaju.

O juiz Marcel Montalvão pediu em novembro de 2015 que o Facebook informasse o nome dos usuários de uma conta no WhatsApp em que informações sobre drogas eram trocadas. As informações desse processo corriam em segredo de Justiça.

 

Colunista
Nonato Lobo

Não grite 'Fora, Temer'; mande Whatsapp a senadores, diz Lula

Quarta / 13 Jul 2016 / 08h00



Em vez de gritos "Fora, Temer", o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conclamou os que são contrários ao governo interino a enviarem mensagens pelo Whatsapp para senadores como forma de pressioná-los a votarem contra o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. O apelo a uma mudança de tática foi feito para uma plateia de integrantes de movimentos de esquerda da zona rural nesta terça-feira (12), em Carpina, Pernambuco, durante uma série de visitas de Lula a cidades nordestinas, iniciada nesta segunda (11). "Vocês precisam mandar Whatsapp para cada senador. Aqui tem um que foi ministro da Dilma e depois ficou contra ela", disse Lula. "É importante mandar Whatsapp para ele dizendo: 'Cidadão, se manca, cidadão'. Manda 10 [mensagens] por dia, 15, 20 por dia. Faça um Whatsapp pedindo pra ela ficar, vocês que não largam o celular." A imprensa foi impedida de acompanhar o encontro ocorrido pela tarde, sob alegação de que se tratava de uma reunião fechada. O áudio do discurso, mais tarde, foi repassado pela assessoria do Instituto Lula. O petista voltou a dizer que o destino de Dilma e do Brasil encontra-se nas mãos de seis senadores. De acordo com Lula, a pressão deve ser feita, mas de maneira civilizada. "Vamos à casa deles conversar de forma carinhosa, todo mundo rindo, não vamos xingar o senador. Fale assim: 'Senador, meu querido senador, não seja golpista. Não vote pra tirar nossa presidenta'. Se a gente fizer isso, podemos mudar o jogo, mas temos pouco tempo", afirmou. Lula também disse estar preocupado com o clima de rivalidade que tem tomado conta do país. Enquanto os que querem a saída de Dilma "transmitem ódio", em sua avaliação, os que defendem a petista devem dar "amor como resposta". "Quando um companheiro encontrar um golpista em um bar não é pra fechar a cara não, é pra conversar civilizadamente, democraticamente. Quando um petista encontrar um adversário é pra cumprimentar. Que historia é essa de brigar?", disse.

Colunista
Nonato Lobo

Eleições 2016: Partidos podem escolher candidatos a partir do dia 20 deste mês

Segunda / 11 Jul 2016 / 14h00



Foto: Divulgação

Os candidatos que pretendem disputar as eleições de outubro devem ficar atentos as datas que estão no calendário estabelecido pela Justiça Eleitoral. Nestas eleições, serão aplicadas as mudanças estabelecidas pela Reforma Eleitoral (Lei 13.165/2015), aprovada no ano passado pelo Congresso. Com a nova norma, houve mudanças nos prazos, como aumento do período para apresentação dos registros de candidaturas, diminuição na duração da propaganda no rádio e na televisão e a proibição de doações de empresas privadas para as campanhas políticas. A partir de agora, os partidos deverão se manter por meio de doações de pessoas físicas e de recursos do Fundo Partidário.

Convenções

Do próximo dia 20 de julho até 5 de agosto, os partidos estão autorizados a promoverem as convenções para escolherem os candidatos que vão disputar os cargos de prefeito, vice-prefeito e a vereador. O primeiro turno da eleição municipal será no dia 2 de outubro. No mesmo dia, candidatos, partidos e coligações poderão pedir direito de resposta a órgãos de imprensa por contestarem afirmações e imagens que considerem caluniosas. A partir do dia 6 de agosto, emissoras de rádio e de televisão, por serem concessões públicas, estão proibidas de veicular opinião favorável ou contrária a candidatos e partidos políticos. As tevês também não podem dar tratamento privilegiado a candidatos de forma dissimulada em novelas ou filmes.

Propaganda na internet 

O prazo para registro de candidatura nos tribunais regionais eleitorais termina no dia 15 de agosto, às 19h. No dia seguinte, a propaganda passa a ser permitida na internet e nas ruas. De acordo com a lei eleitoral, os candidatos podem participar de carreatas, distribuir panfletos e usar carros de som de 8h às 22h.

Comícios

Também estão permitidos comícios das 8h às 24h.  A propaganda eleitoral no rádio e na televisão está prevista para começar no dia 26 de agosto. A reforma aprovada no ano passado reduziu de 90 para 45 dias o período de campanha.

Colunista
Nonato Lobo

Uso do farol baixo em rodovias é obrigatório a partir de hoje

Sexta / 08 Jul 2016 / 09h00



Entra em vigor no próximo dia 08 de julho a Lei 13.290, de 23 de maio de 2016, que torna obrigatório o uso de farol baixo aceso durante o dia nas rodovias. A lei alterou dois artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB): os artigos 40, inciso I e o artigo 250, inciso I, alínea b. Nas duas situações, a nova redação acrescenta as palavras “nas rodovias”. Assim, a partir do dia 08 de julho, os condutores deverão acender os faróis baixos em todas as rodovias. A nova norma também prevê a multa para o condutor que não seguir a recomendação da Lei 13.290. A infração é média, com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa no valor de R$ 85,13. Vale lembrar que em novembro, a infração média passará para o valor de R$ 130,16.